Universitário
Universitário Notícias
Notícias    VESTIBULAR


O conto "O alienista" agora como história em quadrinhos.

- -   F:  EA - G1 - Pop e Arte - 27/04/2007


A editora Agir entra no mercado de quadrinhos com a boa proposta de adaptar clássicos da literatura nacional aos quadrinhos. O primeiro álbum traz o conto “O alienista”, de Machado de Assis, adaptado pelos irmãos Fábio Moon e Gabriel Bá, indicados ao prêmio Eisner deste ano por outra obra, “De: tales”, publicada nos Estados Unidos.



O conto é protagonizado pelo médico Simão Bacamarte, que, de volta à cidade de Itaguaí, decide colocar os loucos na Casa Verde, onde pretende estudar e catalogar os vários tipos de loucura. À medida que quase todos os habitantes vão parar na casa, uma revolta eclode, comandada pelo barbeiro Porfírio. A partir deste enredo, Machado de Assis, antes mesmo de Freud, faz uma análise da loucura e da mente humana.


Fábio e Gabriel optaram por manter grande fidelidade ao texto original em sua adaptação, mas não deixaram de fazer algumas alterações. “O texto é moderno, só transformamos em uma história em quadrinhos. Algumas partes narrativas transformamos em diálogos e também demos um tamanho maior ao Porfírio”, conta Gabriel Bá.


“O desenho ficou a cargo do Fábio. A gente não queria fazer só em preto e branco. O tom amarelado também ia ser pouco, por isso tem espirradas de laranja para dar um clima.”

A idéia da editora Agir é publicar várias adaptações de autores diferentes, mas por enquanto “O alienista” é o primeiro e único lançamento.

Por Jones Rossi