Universitário
Universitário Notícias
Notícias    ECONOMIA


Entenda o que é Copom

EM -   F:  G1




O Copom foi criado há mais de dez anos, em junho de 1996. A decisão do Banco Central sobre os juros é soberana e não precisa de aprovação do governo. Saiba como funciona o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central:





O que é?

O Comitê de Política Monetária (Copom) é formado pelo presidente e os diretores do Banco Central, que se reúnem a cada 45 dias para fixar a taxa básica de juros, a Selic.



Objetivo do Copom:

O objetivo das mudanças nos juros é manter a inflação sob controle, ou seja, cumprir a meta de inflação para o ano. A decisão do BC sobre os juros é soberana e não precisa de aprovação do presidente da República nem do ministro da Fazenda. Já a meta de inflação é fixada pelo governo.



Quando foi criado?

O Copom foi criado há mais de dez anos, em 20 de junho de 1996. A idéia foi inspirada na experiência do banco central dos EUA, o Federal Reserve (Fed). Antes, o BC aumentava ou reduzia a taxa de juros sem comunicar diretamente o mercado. Com a mudança, segundo o BC, o processo se tornou mais transparente, o que melhorou a comunicação com o mercado financeiro. Atualmente, vários países seguem esse modelo.



Periodicidade:

As reuniões do Copom dividem-se em dois dias. A primeira sessão numa terça-feira; a segunda, no dia seguinte. Mensais desde 2000, as reuniões diminuíram para oito desde 2006.



As reuniões passo-a-passo:

No primeiro dia, os chefes de departamento do BC fazem uma análise da economia brasileira e internacional. No segundo dia, o mais importante, os diretores de Política Monetária e de Política Econômica, após análise das projeções atualizadas para a inflação, apresentam suas propostas para mudar ou não a taxa Selic.

Em seguida, os demais membros do Copom fazem suas ponderações e apresentam eventuais propostas alternativas. Ao final, acontece a votação das propostas, buscando-se, sempre que possível, o consenso. A decisão final é imediatamente divulgada à imprensa. As atas das reuniões são divulgadas às 8h30 da quinta-feira da semana seguinte a cada reunião.



Quem faz parte do Copom?

Diretoria Colegiada do Banco Central do Brasil (o presidente do BC mais oito diretores). Também participam, apenas no primeiro dia da reunião, os chefes de alguns departamentos do Banco Central e alguns assessores, mas que não têm direito a voto.



Mudanças no Copom:

Desde 1996, o Regulamento do Copom sofreu uma série de mudanças no que se refere ao seu objetivo, à periodicidade das reuniões, à composição, e às atribuições e competências de seus integrantes. As metas de inflação, por exemplo, só foram adotadas em 1999.